terça-feira, 3 de agosto de 2010

A beleza dos fractais






















































Possuo uma pasta com 6.656 fractais encontrados na internet. Sou fascinada por essas imagens criadas no computador pelos programas Apophysis e Photoshop. Tenho esperanças de um dia chegar a criar alguns... bem , sonhar não custa nada, não é mesmo? Um beijão para todos!

Definição de Fractais


"Nuvens não são esferas, montanhas não são cones, continentes não são círculos, o som do latido não é contínuo e nem o raio viaja em linha reta."(Benoît Mandelbrot, em seu livro "The Fractal Geometry of Nature" - 1983)


A ciência dos fractais apresenta estruturas geométricas de grande complexidade e beleza infinita, ligadas às formas da natureza, ao desenvolvimento da vida e à própria compreensão do universo. São imagens de objetos abstratos que possuem o caráter de onipresença por terem as características do todo infinitamente multiplicadas dentro de cada parte, escapando assim, da compreensão em sua totalidade pela mente humana. O termo "fractal" foi criado em 1975 pelo pesquisador Benoît Mandelbrot, o "pai dos fractais".
Diferentes definições de Fractais surgiram com o aprimoramento de sua teoria. A noção que serve de fio condutor foi introduzida por Benoît Mandelbrot através do neologismo "Fractal", que surgiu do adjetivo latino fractus, que significa "irregular" ou "quebrado".

Uma definição mais simples é esta: "Fractais são objetos gerados pela repetição de um mesmo processo recursivo, apresentando auto-semelhança e complexidade infinita."

segunda-feira, 2 de agosto de 2010